2 de junho de 2009

Pai... Saudades.



Ontem fizeram 2 anos que meu pai faleceu... eu não postei nada pq não me senti a vontade... tlvz palavras me lembrassem a dor. Enfim, só quem perdeu um pai sabe, a saudade... Queria que ele estivesse aqui participando das minhas alegrias, desse fruto que cresce cada dia mais dentro de mim. Sei que ele está me acompanhando, etc e tals... mas isso nunca conforta né.
Meu pai sempre foi um homem muito frio, na dele, nunca tivemos mt contato pai e filha... e eu sinto falta por não ter insistido em passeios constantes, e abraços mais apertados... Sinto saudades.

6 comentários:

♥ Karlinha ♥ disse...

Oi, Dina!!!
Nossa, você me fez chorar agora, sabia?
Caramba, sei exatamente o que você está falando. Meu pai faleceu há 6 anos e ao contrário, o meu pai era muito presente, muito carinhoso...
Como eu gostaria que ele estivesse participado das etapas do meu casamento, da montagem da casa e futuramente da minha gravidez...
Mas ao mesmo tempo em que me entristeço, me alegro pois sei que o que o Senhor fez foi o que havia de ser feito. Ele sabe de todas as coisas e isso acalma muito o meu coração...

Bom, quanto as coisinhas pro quartinho do Lipe, estão uma fotura todas!!!
EU simplesmente AMO o pequeno príncipe!
hehe

Sobre as novidades, só estou com uma pequena dor no braço que não me deixa muito à vontade, mas logo, logo passa. Não deixo as dores serem mais forte que eu, não...
hahahaha

beijinhosssssssss

Thania disse...

Dina!!!
Q post lindo sobre o papai!
Sabe meu pai ainda é vivo mas ñ temos a convivência q tínhamos qdo eu era criança. Na minha infância meu pai era o pai mais presente e mais atencioso desse mundo. Fazia td q nós (eu e minhas irmãs) queríamos sem pestanejar.Mas o tempo passou e ele foi embora. Ele e minha mãe se separaram e com o tempo o afastamento foi natural (nem tão natural né? Mas enfim). Até minha adolescência ele era bem presente e freqüentava nossa casa quase todos os dias. Tenho uma irmã q é apenas filha dele q tb sempre foi muito presente na nossa vida e minha mãe sempre a tratou como filha tb.Mas ele ficou doente e se afastou de vez. Qdo eu digo de vez é de vez mesmo ao ponto dele recusar ir ao meu casamento. Sim ele simplesmente ñ foi! Fiquei péssima, mas enfim...tanta noiva q ñ tem o pai vivo pra entrar com ela na igreja e eu q tenho, ñ entrei com ele. Entrei com meu avô q sempre fez as vezes de pai qdo meu pai ñ estava presente.
O q eu quero dizer q no meu caso eu tb tenho saudades do meu pai...mesmo ele estando vivo. Pq eu ñ o vejo quase nunca. Mesmo ele morando no mesmo bairro q eu acredita? Ir na casa dele é quase uma burocracia com a esposa dele, então a gente prefere nem aparecer por lá mais por causa dela. E como ele tem essa doença e quase ñ consegue falar, telefonar é algo quase impossivel! Mas a saudade as vezes bate forte aqui sabe!

Bom...agora vamos falar das fofuras do LIPE....
Q lindos...eu amo tb o Pequeno Principe...meu Deus q escolha perfeita!!!!!

Acho q quase fiz um post aqui no comentário, mas enfim...rs...ñ fica brava ñ!!! rs...é q esse assunto sempre mexe comigo!

Bjoooooooooosssssxxxxx

Denise e Eduardo disse...

Oi Dina,
Por que temos tanta dificuldade para expressar nossos sentimentos a aguém que amamos né??? Mas independente disso tenha certeza que seu pai sabia do seu amor de alguma forma...
Quanto aos acessórios do quarto do seu príncipe achei lindos demais!!!
Beijos!!!

Dri Viaro disse...

Amiga, com certeza só Deus pra confortar o coração dos que perderam entes queridos, eu não tenho idéia que dor seja essa, pois graças a Deus não perdi ninguém em minha vida, só meu vozinho, foi triste, mas eu não tinha convivencia com ele.
O quarto do seu pequeno principe ficara digno de um principe mesmo hein Dina, só estou imaginando qdo tudo ficar pronto, e quero ver as fotos claro.
bjssss

Muriele disse...

Oie to aki retribuindo a visitinha....ok vou te linkar tbm....bjokas!!!!

Ana Carolina disse...

Dinaaa, forçaaaa... Só li o post de ontem hoje! Imagino o que é perder um pai, pois fui criada desde pequeneninha por meu avô que faleceu há uns anos!!! E passei por uma barra nestes dois anos que foi meu pai fazer tratamento pra cancer... Mas tudo vai dar certo... No fundo eu sinto isso... Resta as saudades... o amor... alguns momentos e ensinamentos... Beijão querida! Esse pequeno príncipe é parte do seu pai também!