10 de maio de 2010

Hoje estou assim... romântica!


"É impossível estragar um bebê dando-lhe muita atenção. Estragar significa prejudicá-lo. Estragar uma criança é bater nela, insultá-la, ridicularizá-la, ignorar seu choro.
Contrariamente, dar atenção, dar colo, acariciá-la, consolá-la, falar com ela, beijá-la, sorrir para ela são e sempre foram uma maneira de criá-la bem, não de estragá-la. Não existe nenhuma doença mental causada por um excesso de colo, de carinho, de afagos... Não há ninguém na prisão, ou no hospício, porque recebeu colo demais , ou porque cantaram canções de ninar demais para ele, ou porque os pais deixaram que dormisse com eles. Por outro lado, há, sim, pessoas na prisão ou no hospício porque não tiveram pais, ou porque foram maltratados, abandonados ou desprezados pelos pais. E, contudo, a prevenção dessa doença mental imaginária, o estrago infantil crônico , parece ser a maior preocupação de nossa sociedade. E se não, amiga leitora, relembre e compare: quantas pessoas, desde que você ficou grávida, avisaram da importância de colocar protetores de tomada, de guardar em lugar seguro os produtos tóxicos, de usar uma cadeirinha de segurança no carro ou de vacinar seu filho contra o tétano? Quantas pessoas, por outro lado, avisaram para você não dar muito colo, não colocar para dormir na sua cama, não acostumar mal o bebê?"

Hoje passei a tarde no chão, deitada com a cria e assistindo desenhos, dormindo, brincado, fazendo arte... tem coisa melhor? Ontem foi meu primeiro dia das mães com ele nos braços, sem duvida o melhor de todos... Julgo desde já pela importância desta data... o nosso primeiro, o primeiro a gente nunca esquece né!
Por hoje é isso, aqui a gripe continua, o Fe já está melhor, porem hiper ranhentinho hauhauhauha fofo... vou lá cura-lo com meu carinho!

6 comentários:

Nina Nishioka disse...

Lindos! Lindo texto amiga, perfeito. Milhares de pessoas sempre me dizem: tem q dar uma palmadinha e milhares de outras coisas IDIOTAS. Falta de conhecimento é uma merda mesmo. Opa, radicalizei. Beijos em vc e no Fe e o Léo tá iguaal :(
mas melhorando! Beijos.

Sra. Mari disse...

Post maravilhoso !

Deve ser completamente diferente o 1º dia das Mães do outro lado da historia ne ? rss

Bjocas

Dani Guimarães disse...

Que bom seria se mais mães deitassem no chão com suas crias.
Penso que o mundo seria mais feliz!
:-)

Juliana Zambon disse...

Acho que não deve ter coisa mais gostosa no mundo!! Logo sou eu!
Bjosss

Menina Alice disse...

Lindo texto amiga!
Concordo plenamenteeee!!! Aiiii, até li para o meu amor!
Tem que dar muitooo amor mesmo!
Espero que vc melhore logo!
Super beijos,
Thalita e JB

Cacau disse...

apoiada dou muioto carinho para meu fofo e já ouvi várias vezes para eu não estragá-lo não acredito nisso e no meu colo ele fica mais tranquilo bjs, cacau