4 de maio de 2011

Dia das mães


Eu conheço dois tipos de mãe, a minha mãe e a mãe que eu sou.

Com a maternidade aprendi a valorizar muito mais a minha mãe, passei a entende-la melhor, a ouvi-la mais e aceitar suas preocupação que antes eu achava desnecessárias.

Hoje respeito e zelo pela minha mãe muito mais do que há 2 anos atrás.

Sobre eu como mãe o que eu tenho a dizer?
Que descobri o amor incondicional? Que encontrei minha paz, o meu cheiro, o meu toque?
Não tem como explicar.

O primeiro olhar, a primeira mamada, o primeiro vomito na cara!
Aquele cheirinho inconfundível, aquele beijo molhado, aquela bagunça durante as refeições.
Voltar a infância com lápis de colorir, brincar com mangueira d’água, construir castelinhos na areia...

Assim com um filho nasce uma mãe.
E com essa mãe nasce paciência, sabedoria, carinho, criatividade, nasce várias mulheres dentro de uma só mulher. Ser mãe é ser criança, é ser professora, é ser mulher, amiga, rainha, insana, vilã, educadora, dançarina, cantora, pintora.

É sorrir com um simples gesto, suspirar de saudade a cada minuto longe. É ter sangue frio para dar o remedinho, é ter discernimento de deixa-lo bagunçar até mais tarde um dia ou outro, é dar a vida, dar a LUZ indiferente da via de nascimento.

Só as mães são capazes de serem completas, como diria aquela música do Cazuza: Só as mães são felizes e acredite você só vai crer nisso quando tiver um filho, só nós MÃES vivemos um amor inexplicável. É incrivel gerar um filho e traze-lo ao mundo, alimenta-lo com seu próprio leite, acalma-lo com o seu cheiro. É mágico, é indiscritivel.

Depois da maternidade minha vida mudou, antes eu temia que a minha vida acabasse e eu não tivesse vivido tudo o que eu queria, hoje eu temo morrer sem ver meu filho envelhecer, sem vê-lo conquistar o mundo, uma linda família, o sucesso da maneira que ele acredita que tem que ser.

Sou mãe absoluta, dou a minha vida pelo meu pequeno, que me faz chorar de emoção a cada demonstração de afeto, que me enche de orgulho a cada conquista e me faz crer que o mundo ainda pode ser bom.

O futuro a Deus pertence? Ele já nos deu a oportunidade de vive-lo, a futuro a nós pertence. E graças a mães como as nossas, e como nós o mundo pode ser melhor.

E hoje na semana do dia das mães agradeço a minha mãe por todo carinho e amor que ela me deu, mas agradeço muito mais ao meu filho, por mudar a minha vida e me fazer feliz!

Filho, a única certeza que tenho na minha vida é que pra sempre eu vou cuidar de você, vou ama-lo com Deus ama aos seus filhos, independente de qualquer coisa, de qualquer erro ou decisão. Eu trouxe você a esse mundo maluco, e sempre que você permitir vou te proteger e te guiar, te aconselhar e te amar. Mesmo daqui 10 ou 30 anos você pra sempre será o meu princeso, o meu menino, o meu amor!

Obrigada por me mostrar que realmente é viver!

11 comentários:

Sra. Mari disse...

Ai, vc sempre me emociona com esses posts e me deixa com mais vontade ainda de ser mãe ... Maldade ! rss

Bj

Than disse...

Posso chorar agora ou deixo pra depois...resposta: chorar right now!
lindo lindo lindo....ao cubo!

Bjos

(Mamãe) ~Pinel disse...

Ah!!!
Eu custo a me emocionar com essas declarações, mas a sua foi tocante, e até vieram lágrimas aos olhos!!! =D

Lindo, maravilhoso! Perfeito!
Ficaram ótimas as suas descrições!

Parabéns!

Beijo!

May Souza disse...

Nossa meu olho encheu de lagrima
fiquei arrepiada muito lindo mesmo
Esse ano sera meu primeiro dia das maes com meu pequeno do meu lado essa semana to super emocionada e ate choro com comerciais kkkk
bjao em vcs

Debora disse...

Dina,

Sua forma de escrever e se expressar me encanta, me emociona e me faz repensar meus conceitos, você sempre acerta nas palavras que usa e como as usa.
Um dia das mães repletos de bjos e carinhos do seu eterno Princeso, você merece.
Bjo!!!

Grazi, mãe do Principe disse...

Ok, vou ali chorar um pouco depois volto pra escrever algo decente ....



LINDO MARAVILHOSO AMEI !!!!

bjinhus

Murillo Zana disse...

Oi Dina, meu nome é Camilia, tenho 18 anos, e ja sou mãe. Estava lendo o seu blog e percebi como eu tinha sonhos igual você. Tudo mudou quando engravidei.
Esse post do dia das mães está lindo parabéns, e é verdade, só entende que é mãe. Tudo muda na sua vida.
E eu continuo estudando e trabalhando quase não tenho tempo para curtir meu filho, mas agora parei para pensar, posso estudar, mas trabalhar eu posso dar uma pausa para curtir essa fase linda do meu filho.

Beijos.
Parabéns pelo blog.

Marcelly disse...

Ain amiga q post lindo !
Concordo em gênero, número e grau, rs !
Bjks !

Nadia disse...

Eu leio esse post e vejo o quanto você é uma mãe carinhosa...e só em ler seu blog vejo o quanto você é uma ótima mãe! Sempre amorosa, sempre botando o Fe em primeiro lugar em sua vida! Por isso, por eu saber quem você é,não desejo que você ganhe o concurso da Mãe de Merda. Pois você não combina com isso. Você poderia estar no concurso "Melhor mãe blogueira", e não neste. Sem falar que pelo seu filho encostar numa lata de cerveja não quer dizer nada, então por isso espero que poucas pessoas tenham votado em você. Pois respeito você, adoro o seu blog, e sei o quanto você influencia as outras mães. Você dá um ótimo exemplo aqui pelo seu blog. Feliz dia das mães!

Ju Louseiro disse...

AAiii, vc me acabaa nesses posts! Feliz dia das mães Dina! SEMPRE

Bjs

Juli disse...

que lindooo!!!! adorei demais! Feliz dia das mães!! beijaoo