1 de julho de 2011

Cara de alface - eu prático




Dai que eu já contei a vocês como o Felipe está se comportando né? Ontem fomos no shopping comprar um livro, super recomendado, que fala sobre o comportamento infantil.
Lá o autor descreve pequenas crianças como "homem das cavernas", e se a gente refletir, não é que ele está certo?
O livro se chama: A criança mais feliz do pedaço - Harvey Krap - Eu vou concluir o livro e venho postar sobre, mas já posso adiantar que é genial!

Então, voltando ao shopping, Felipe deu PITI, muito vexame.
Entramos na FNAC e ele enloqueceu pelos brinquedos, chorava e não queria sair de dentro da loja, queria pegar tudo. Eu queria comprar um brinquedo que vi lá, mas infelizmentre não fiz justamente pra ele não associar a birra com algo bom. Enfim, saimos da loja e foi aquele escandalo, se a gente deixasse ele pra lá, caido no chão berrando, ele se levantava e voltava correndo pra dentro da loja. Ai lá vamos nos, carregar a cria aos berros, entre tapas e ponta-pés para a praça de alimentação. E no caminho percorrido, TODOS NOS OLHAVAM.
E eu?
Fiz cara de alface, fingi que não era comigo, afinal o que mais eu poderia fazer?

( A ) Bater nele?
( B ) Berrar com ele?
( C ) Colar a boca dele com silvertape?
( D ) Sair correndo do shopping?
( E ) Me jogar no chão e chorar também?

Lógico que não, o descontrolado ali era ele, e eu? A mãe paciente que entende uma fase e está fazendo o que pode para contornar esse tipo de situação.

Então lá fui eu, com a opção F - Continuei andando até o nervosismo dele passar e ele acalmar!
Lógico, e tempo depois passou. Jantamos e brincamos, todos felizes.

Eu nunca reparei no filho alheio, no vexame, birras e afins. Principalmente depois que eu engravidei, graças a Deus eu soube ser ponderada nesse ponto, e felizmente os olhares atravessados não me intimidaram ontem.

Então é isso, bora fazer cara de alface?
Não só na hora da birra, mas na hora do palpite alheio, na hora da intromissão do fulano, na hora que for... se estressar faz mal, não vale a pena cansar sua beleza com pessoas que não entendem que crianças fazem bagunça, fazem escandalos, são unicas e singulares, o que funciona com fulano nem sempre funciona com ciclano. E assim, essa fase vai passar!

Ontem comentei com o marido, MUITAS ( Bia Bandoli, Nessa Ardisson, Kira e alguimas outras sabem do que estou falando) das mães que engravidaram e tiveram seus filhos "junto" comigo se queixam das mesmas coisas, birras, escandalos, mau comportamento, falta de apetite etc etc... Significa que é uma fase, e juntas - no twitter, facebook, ou blog - vamos aprender a contonar, e vai acabar um dia!
Então vamos que vamos, e postar experiencias ajuda muito.

A minha dica é o Livro que falei a cima, Eu já li 1/3 dele e realmente já compreendi melhor as atitudes do Felipe, esse FDS eu vou tentar vir postar umas dicas.

Beijos de uma mãe que já se desesperou, porém agora se acostumou com seu menino das cavernas.
=*

17 comentários:

Sra. Mari disse...

A cara de alface da foto foi ótima ! rsss Mas é assim mesmo ! Acho muito pior aquelas maes que batem no filho no meio de todo chilique ! Criança é criança !

bj

Kira! disse...

Olham, eu falaria " CALA A BOCA SE NÃO TE ESPANCO DE NOVO SEU VERME" só pra ver a cara das pessoas em volta.

Uma vez, veio uma assistente social em casa, vigiar se eu tava cuidando bem do meu pai, e ele tava com umas machas no braço (tipo sangue batido)e a moça perguntou pra mim e olhou pra ele e perguntou se ele tava sendo maltratado.... Dai eu olhei e fali " Pai, você ja sabe, se contar, te amarro de novo!!!".

TA!
Mas é sério, vai passar! Eu tenho fé, que vai passar, porque ta foda! E olha, a Bia não é de fazer esses escandalos, mas ela é muito temperamental assim, já da pra notar que ou ela que, ou ela não quer. E se ela quer, e você não, o que resta a fazer é sentar e chorar!

Mas vai passar! *repete o mantra!*

Bom é isso, no mais, sorria e acene SEMPRE! =D

Beijos
http://parabeatriz.blogspot.com

Devaneios de Mulher disse...

Oi Dina, saiba que é normal os pequenos se comportarem assim... Gerlamente quando vão dar os famosos "saltos" no desenvolvimento fazem isso!Pelo menos aqui em casa sempre funcionou assim!
Com jeitinho e muita, mas muita paciência mesmo isso passa!
:)

Máh. disse...

Como assim?? Você conseguiu se controlar??
Meu irmão já fez isso, e te digo, fiquei maluca!
Me ensina isso hein?
Apesar de ser diferente, porque o Fe é seu filho, o Rô, meu irmão, mas enfim. Preciso me controlar!
Ótima a cara de alface!
Beijos,
Máh.

Suzana Lira disse...

Uma vez eu e meu esposo estávamos com nossos sobrinhos e seus pais, daí que meu sobrinho mais velhos (cinco anos rsrs. Por ciúmes do mais novo - primo dele de dois aninhos) surtou e eu comecei a rir, a mãe dele se desespereou e quando ele me viu rindo da carinha dele, ele disse pq a tia su ta rindo mamãe (isso aos berros rsrs) aí ela cochichou, do mico que vc tah pagando rsrs (sempre que ele ou qualquer um fazia algo que dava verginha eu dizia que era um mico e ele sabia)
Aí ele foi perto de mim, pegou minha mão e disse, tia o show acabou kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Todo mundo se acabou em risos neh kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Bjoo

Thaty disse...

Não sei se você lembra, mas fiz um post exatamente sobre isso, sobre a Alice se jogando no meio do shopping e berrando por causa da piscina de bolinhas. Foi a pior experiência que eu tive na vida, não sabia onde me enfiar kkkkkk

Nunca mais ela fez isso na rua, mas em casa ela tem feito direto. Ontem eu sentei no chão, abaixei a cabeça e falei: LEVANTA DAÍ AGORA! Tipo assim, falei achando que ia soar como bla bla bla bla. Mas não é que ela levantou? Aí olhei pra ela e puxei outro assunto, colou. Da próxima vez vou tentar fazer isso na rua, quem sabe, né? rs

Beijos

disse...

Ai amiga,
Como eu te admiro!!!
Acho que não preciso de livris porque o blog da Dina já me salva demais...rsrsrsrs
Mil beijos!!!

(Mamãe) ~Pinel disse...

Ameeeeei a cara de alface!

Mas, enfim, acho que é assim mesmo, temos que manter a calma, ou daremos exemplo de que se nós podemos perder o controle, eles também podem.
No fundo nós podemos, e eles também (de vez em quando), mas não precisam saber disso agora né???

Muito boa a dica do livro!
Beijo!

Tati disse...

A De tem razão rsrsr se eu tenho alguma duvida vindo aqui já fico sabendo como agir rsrsrs miga escrve um livro assim q o Fe tiver mais velho rsrsrs eu compro rsrs

Amoooo

Rebeca disse...

hahaha
Eu não só pratico, como em algums momentos/lugares eu incorporo a alface. Não por causa de birra, porque Rafa ainda não faz (ah, faz um pouquinho rs), mas pra palpites indevidos e não pedidos, e conselhos igualmente desnecessários.
Acho que a cara de alface é um artigo de sobrevivência para as mães em geral!

Beijos

Ártemis disse...

Ai, que bom que vc achou. Eu nunca tinha procurado, mas achei que não tinha pra vender por aqui.

O livro é todo todo ótimo. Tem milhares de dicas - e se tudo mais der errado, pelo menos a gente compreende melhor a situação.

Força na peruca e cara de alface.

Debora disse...

kkkk cara de alface (muito bom)
mas sabe, é o melhor a fazer viu...
quando Beni dava piti e eu fazia piti junto não tinha fim era um horror, dai vi o programa 'QuemAmaEduca' do Içami Tiba (vc já ouviu falar??) e nesse dia eu tava péssima com toda situação e ele falou exatamente disso e aconselhou a simplesmente se afastar da criança pq o ela esta querendo é chamar atenção e se ficamos brigando, falando elas tem a tenção que procuram, passei a fazer isso e tá dando super certo...
cara de alface é a solução kkkk
Bjos!!

Fernanda Lucas disse...

O que me desespera lendo seu post, é que #aos12meses já faz tudo isso que o seu #aos2 faz....
Fuem pra im kkkkkkk

Paula Dini disse...

Ei cara de alface, se preocupa não pq depois piora!!!! Kkkkkkkk vc vai ver qdo ele tiver com 15!!! Kkkk brinks amiga. Se te serve de consolo eu tb pratico cara de alface! Beijos pra vcs!!!

Danielle Donda disse...

HUmmmmmmm
deixa eu pensar....


Sim, topo!!
Gostei da cara de alface e vou inseri-la na minha dieta comportamental.


Bjusss

Mara Lopes disse...

Amei o post.Acredito que toda mãe passa por situações de "olhares intimidadores" e que nestas horas devem sim optar pela cara de alface.rsrs
Funciona melhor do que ficar se estressando por causa de alguém que ao menos sabe o que está acontecendo.
Também tenho um blog sobre a maternidade.Me visite qualquer dia.Será muito bem vinda.
www.artedesafiodamaternidade.blogspot.com

Mara Lopes disse...

Oiii Dina..Voltei para dizer q me identifiquei tanto com o post da cara de alface e escrevi sobre isso também.Aaaaa, coloquei o link do seu blog,ok?
Ispiração sim,plágio nunca.rsrs
Bjs