21 de julho de 2010

Eu sou assim.


Quando a gente brinca demais é mal interpretado, folgado, desaforado, mal educado.
Se a gente não brinca é grosseiro, sem senso de humor.
Infelizmente eu sou assim, não sei ser meio termo em nada.
Se eu gosto gosto, se acho chato acho chato, simples assim.
Não gosto de gente folgada, gente que se julga intima sem eu dar espaço.
Sou intensa nas amizades, depois que baixo a guarda se chamo de "querida" já me considero amiga... e muitas vezes nessa quebro a cara!
Se você pedir minha opinião, doa a quem doer eu falarei o que acho. Sou sincera, realista e objetiva. Minha resposta pode soar como alerta, como ofensa ou elogio. Se eu pedir sua opinião ouvirei numa boa e guardarei pra mim mil xingamentos caso discorde... agora SE EU NÃO PERGUNTAR NADA não precisa me responder! Fácil.
O que eu tenho eu falo, não me gabo... se eu sonho em ter eu digo, sempre me abro. Se o meu dia foi chato não há por que eu esconder, se foi feliz nada vai me conter.
Bem materiais não significam nada, se fazer de "coitado" torna o ser humano desprezível.
Invejar algo pode não ser algo ruim, afinal eu sinto inveja, mas inveja boa, inveja feliz! Eu quero o corpo da Sabrina Sato, mas não desejo mal a ela por isso, saca? Porém o excesso de admiração pode causar maus olhares, inveja perigosa, pensamento do vizinho que quer te destruir... Mas por que? Se o fulano tem algo que você não pode ter, vai, corre, pensa, procura, vc também pode ter um dia. Todos somos capazes!
Eu posso e sou feliz, amada, com defeitos e qualidades. Minha vida é perfeita aos meus olhos, mas também é cheia de conflitos, com momentos de angustia ou tristeza. Mas entre o ruim e o bom eu escolho sempre o MELHOR... só não pode quem não acredita em si mesmo.
Sei lá por que escrevi tudo isso, acho que cansei de gente que só critica, fala sempre mal de todas amigas, da mãe, marido, tia e vizinha, e o bem de ninguém.
Gente pequena, gente infeliz...
Eu penso assim!
Esse post não é redirecionado a você, é você mesma que está lendo e pensando SERÁ QUE É COMIGO? Esse post é pra quem não é minha amiga, e acredito que todas que passam aqui eu possa confiar, são minhas queridas!
Desculpem o desabafo e obrigada pelos ombros e carinhos diários!

23 comentários:

Laudiane disse...

Simplesmente amei

Tati, mãe do príncipe disse...

Oi Dih,
Esse post foi de uma pessoa autêntica. Nunca duvidei que você fosse assim, por isso, adoro ler você!

beijões no fê!

Mamãe da Dudinha disse...

Dina, vc é uma mulher de coraçaão e alma muito boa, é por isso que continuo seguindo sempre vc, nem sempre dá pra dar um OI, mas eu e Duda estamos sempre por aqui..Desabafe mesmo flor, faz bem pra alma, encoste sua cabecinha em nossos ombros e chore!! haha
bjooos

blog da lu disse...

oi

adoro seu blog e acompanho sempre...
mas acho que nunca comentei...

adoro acompanhar seu dia a dia e do seu bebe que é uma fofura...

adorei seu post, e sinto uma invejinha cor de rosa(que é bem boa tá) por vc conseguir expor seus sentimentos e sua personalidade assim... quem me dera conseguir falar(ou melhor, escrever) como vc...

vcs são uma linda familia...

bjus e td de bom!!!

Lu

Vanessa e Enzo disse...

Adorei o texto Dina... escreveu bem - bom pelo menos me vi em diversos trechos! Tb não sei ser meio termo... e cm sou mal interpretada... e concordo em gênero número e grau que o ser humano que se faz de vítima é mesmo desprezível! E qd vc diz que devemos esperar o melhor? Devemos msm - e devemos batalhar por isso tb! Lindo post! ADOREI!

Camilinha disse...

um desabafo nunca é demais flor...
as vezes é preciso para dar uma aliviada.

bjs

Juh** disse...

Dina minha linda, cada dia te admiro mais! Amei o post, super sincera e autêntica!
Bjocas em vc e no Fê lindão!

Um presente para nós dois disse...

Tb quero o corpo da Sabrina e nem por isso desejo que o dele fique como o meu...kkkkkk
Pois é Dina, somos bem parecidas, minha família costuma dizer por aí que sou grossa, mas não sou não, não mesmo, só falo a verdade quando algo sobre mim incomoda, só isso.
Adorei seu post, parabéns.
Bjs

Poliana disse...

Di, te adimiro muito e nem por isso fico rasgando seda por vc. No intimo acho que nós duas somos muito parecidas, muito transparentes.
Bjs flor!

Bibi Elias disse...

Vc só ganha sendo assim, Dina! Pessoas sem personalidade têm necessidade de viver a vida do outro, óbvio o porquê, né?!
A gente não se conhece pessoalmente, mas às vezes sinto que te conheço de longa data ao vivo e à cores! :)
Beijinhos nossos em vcs

Sra. Mari disse...

assino em baixo (principalmente sobre sabrina sato ! rss)

Você é uma pessoa maravilhosa !

bjocas

Bianca Cainelli Facciolli disse...

Isso aí Dina.

Clau disse...

por isso que adoro passar por aqui, vc é realista, fala de como se sente, eu muuitas vezes deixo de postar algo no meu blog, algo triste, algoooooooo que me deixoubeeem p/ baixo e acabo sofrendo sozinha, mas vc é um exemplo! te adoro muito!

beijão
clau

disse...

Amiga Dina,

Sabe como vc é??? Adoravel!!!
Beijos!!!

Julie disse...

Concordo queriiii, rs.

Tem gnt que é pqno, mas a vida é assim...

Bjos em vc e no Fefe!

Rô e Vivi disse...

Di, querida !

Saudades de vcs.
Estou sumida, eu sei... mas a net em casa não esta funcionando.

Tem cine amanhã ?
Como estou sem net, me liga qualquer novidade.

Beijoss

Vi, Rô e Anna Clara

Aline Cristina disse...

É flor, nem Deus agradou a todos, não seremos nós a agradar né. Mas pelo pouco que te conheço me parece uma pessoa alegre, divertida, feliz, realizada enfim... uma excelente pessoa. Seja feliz flor!

Tenho sentindo falta de vcs por aqui!
bjs,

Alba Catarina disse...

Oi amiga...saudades de escrever aqui...ainda estou organizando meu tempo.
Vc falou e disse, me identifiquei com seu desabafo, principalmente em querer ter o corpo da sabrina sato..rsrrs...
bjinho

Sandrinha disse...

Oi!
Sinceridade é td.
Vc expor o q pensa é ótimo.
Que bom se, + pessoas fossem deste jeito.
O mundo estaria bem melhor.

Cada um tem o vizinho,amigo,e a família q merece.Com eles aprendemos mto.
Passamos a vida aprendendo.
E com certeza, vamos desencarnar um dia, sem ter aprendido td.

Eu penso assim,ninguém entra na vida de uma pessoa sem um motivo.
Precisamos conviver com seus defeitos e qualidades e tentar tirar o melhor aprendizado disto td.
Aqui estou eu dando opinião,sem vc ter me pedido,.....hahaha,....brincadeirinha.
Só resolvir escrever um pouco, o q acho.
Continue assim ,sempre mostrando a sua realidade.Se doer em alguém,fazer o q,né!

Bjs!!!

Cidinha Dias disse...

É por causa disso, que eu sempre volto.
Beijos.

Agnes, Mãe do Pedro Henrique disse...

adorei seu blog.
estou seguindo...

Ísis e Mardesson disse...

Vc é maravilhosa Dina. E gente como a gente. Perfect seu post!^^

=*******

Gravida e Gata (by Dani Donda) disse...

Ih Dina, boiei...
Rolou barraco por aqui?

as anonimas andam destilando seus venenos mais uma vez?


Mas, óóóóooo, post lindo!
Essa é vc!
e por isso te admiro!