18 de outubro de 2011

Dois anos, a festa!!



Dai que comemoramos o aniversário do Felipe da melhor maneira possível.
Não teve bolo, salgadinho, docinhos... mas teve papai + mamãe + filhão em tempo integral, um FDS todo, coladinhos.

Um belo dia decidi que eu queria viajar no dia do aniversário do Felipe, malas prontas e lá fomos nós para o litoral de SC.
Não estava sol, nem muito calor. Um tempo agradável, o que colaborou muito para curtirmos o quanto queríamos.

Fizemos um passeio de escuna na manhã de sábado, ele ficou encantado com o mar, a vista, o passeio todo... No sábado a tarde brincamos muito na areia, montando castelinhos e fizemos bolinha de sabão, ao final da tarde voltamos para o hotel e curtimos muito a piscina.
Eram 18:30 e o Felipe estava capotado.

No domingo acordamos cedo e fomosbrincar mais um pouco na piscina, Felipe deu seus mergulhos e saltos, ele estava radiante, que gostoso!
Depois do almoço pensamos em andar de teleférico e passarmos a tarde numa mata muito legal que tem em Balneário Camboriú, mas começou a garoa, eram três da tarde e nós pegamos a estrada rumo a Curitiba.

O FDS havia sido maravilhoso, eu senti a alegria estampada no pequeno, pensei que não tinha como ter sido melhor. Mas foi, o destino fez com que  agente se perdesse, e acabamos em frente a um circo... o Circo do Patati Patatá. Não pensamos duas vezes, entramos. O Felipe ficou louco, louco, louco... com os trapezistas, etc etc, e na hora que os palhaços entraram no picadeiro ele entrou em parafusos. Como ele chamava, berrava, sorria, admirava. Ficou cara a cara com os dois, demos um jeitinho e ficamos grudadinhos no picadeiro, até cafuné do Patatá ele ganhou, se realizou e saiu daquele show duas vezes mais feliz do que entrou... e eu achei que isso não era possível.

Tudo isso valeu muito a pena.
No final gastamos o mesmo tanto, ou um pouco a mais que gastaríamos com a festinha, mas eu confesso, foi mil vezes melhor.

Ano que vem pode ser que o Felipe ganhe uma bela festa, como a que eu havia planejado esse ano, mas ela só vai acontecer se antes dela vier a nossa viagem. Prometi a mim mesma, eu quero comemorar assim todos os anos da vida do meu filho, só nós três (quatro, cinco... rs), grudadinhos, curtindo muito e sendo felizes!



0 comentários: