24 de novembro de 2010

Ainda sobre a Decisão


Lendo alguns comentários vim aqui escrever novamente sobre a decisão de colocar ou não Fefe na escola.

Hoje acordei com o NÃO na cabeça.

Mas, aqui em Curitiba o clima é péssimo, sair está dificil, quem sabe no verão mesmo isso mude.
Eu vou pesquisar mais lugares pra leva-lo, aqui nem todos os bairros tem boas praças aonde os pais levam seus filhos. No bairro em que eu moro nunca vejo criança nas praças, e sim adolecentes apenas, de papo furado. O zoo é no fim do mundo, de péssimo acesso, e por ai vai.

Eu não sei, ainda não me decidi.
Tinha uma opinião formada, mas pelo bem do meu filho e mudo até minhas crenças.

Ser mãe é algo complicado na hr se decidir certas coisas.

Estou pensando em coloca-lo em uma colonia de férias agora no inicio do ano, pra testar e ver como ele vai reagir.
Coisa de dias, uma semana no maximo.

A escolinha já foi definida, como já disse, até por que é da mãe da madrinha do Felipe. E lá eu confio, sei como funciona, antes mesmo de ter o Felipe frequentava o local, e sempre vi que o ambiente era bom.
Ele possivelmente vai frequentar meio periodo - das 13hr as 17hr, não acho bom deixa-lo mais do que isso, ainda é pequeno.

Agora vamos esperar.
Logo conto os planos pra vcs hehe e ai tudo vai se encaixar!

Aiai vida dura, essa noite sonhei com a nossa separação. Eu estou fazendo uma tempestade num copo d'água?

Eu não sei, espero acertar na minha escolha. Mas ainda tenho tempo pra pensar.

16 comentários:

Suellen disse...

Ai Dina, o momento mais dificil quando se é mãe é o das decisões, e não acho que vc esteja fazendo tempestade não, é dificil até pensar no momento separação, mas é necessário, para ele brincar muito e por que não, desenvolver o lado social com crianças da mesma idade, pois por mais que demos tudo pra eles dentro de casa eles precisam de um tempo pra eles espairecerem tbm..
Ano que vem tbm quero colocar Duda numa creche, provavel que sera com uns 16 ou 18 meses, eu QUERO E PRECISO voltar a trabalhar..
bjão

Bibi Elias disse...

Dina, tb tenho um bloqueio em me separar do Theo. Já pensei e repensei o colégio várias vezes. Mas, por enquanto, só em 2012. Acho muito precoce colocar Theo no colégio agora, muitoooo novo. Queria só depois dos 3 anos. Por enquanto, isso tá decidido. Mas nada que não possa mudar! Rsrsrs...
Beijooooo

Grazi, mãe do Principe disse...

OLA, EU SEI BEM O QUE É ISSO .
MINHA SEPARAÇÃO DO MEU FILHO FOI MUITO DIFICIL , POREM A DECISÃO PELA ESCOLHINHA FOI ACERTADA POIS O MEU FILHO SE DESENVOLVEU MELHOR, SE TORNOU MAIS SOCIAVEL E MAIS TRANQUILO .

SIGA O SEU CORAÇÃO AMIGA QUE TUDO VASI DAR CERTO .

Gabyzinha disse...

Dina, filhos nasceram para o mundo e blábláblá...Hoje eu fiz um post, vai lá e veja como eu me sinto em relação a isso! Gabriel fica com minha mãe para eu trabalhar, ontem me bateu desespero, queria ficar mais tempo com meu filho, entrei em neura por isso...
Faça oq o seu coração mandar, é ótimo ter contato com outras crianças, veja como ele vai reagir no meio da criançada, temos que fazer nossos filhos felizes neh?! É uma pena que não podemos ficar grudados para sempre com eles!
Esse negócio de "Filho é para o mundo" ainda não me agrada!
bjos

Lindinha* disse...

Aqui em casa nós decidimos colocar a Alice na escolinha, meio período qaundo ela tiver 3 ou 4 anos, mas no nosso caso é diferente, tem um parquinho na rua de casa,toda manhã as mães de bebês e crianças pequenas se reunem, as crianas fazem amiguinhos, compartilham brinquedos e a maior diversão e para as mães também...
No seu caso, acredito que vale a epna tentar, um bom lugar, sempre observando muito o Felipe, meu sobrinho foi pra escolinha aos 3 anos e não se adaptou, depois foi com 4 e adora...o Felipe vai te dizer se já é a hora dele, fica tranquila...
bjs

Manu disse...

Nossa imagino como é dificil, eles são tão pequenos, tão frageis.

Mas é bom criança ter contato com mais crianças.

Beijooooo

Daya Narciso disse...

Dina,te entendo perfeitamente...Eu não tive essa opção,precisei colocar o matheo na escolinha com 8 meses...era mãe solteira e se naum fizesse isso ngm iria olhar pelo meu filho.Não me arrependo,pois ele tinha cças pra brincar....e sim,agora não é hora de socialização,mas pra um bom desenvolvimente dele.O resto se completa,inclusive a socialiazação.
Não se torture,faça o que seu coração de mãe pede,só vc e seu mardio tem direito a essa escolha.
Eu optei por cuidar dos meus filhos hj,naum penso em voltar a trabalhar...Trabalho em casa,pra ter um extra(pouco,mas que ajuda) pra cuidar das coisinhas deles e minha...
Cada mãe sabe o que é melhor pro filho...a não ser que naum se tenha outra opção,que foi meu caso...
Pense e peça a orientação de Deus,com certeza Ele vai te guiar...
beijos no coração

Juliana disse...

Sei que é dificil a separação, já passei por isso, mas o melhor para o desenvolvimento do Felipe é que ele vá para uma escola, e não é só pelo desenvolvimento intelectual, o social também. A minha foi para a escola com 7 meses e quando não tem aula ela chora para ir... bjs

Dê Freitas disse...

Oi Dina...essas decisões são difíceis mesmo. Eu lembro que quando voltei a trabalhar (a Manuela tinha só 3 meses...tá tudo bem, trabalho no meu próprio negócio e sempre vejo ela nas horas das mamadas,mas mesmo assim, né) Eu fiquei com o coração apertadíssimo.

È algo que só você vai conseguir definir, já que é contigo que ele fica o dia inteiro. Acredito que será bom para ele sim, justamente pelo que disse a Su. Dizem que a adaptação e das mamães e não das crianças, rsrs.

bjs,

Flórence disse...

Dina respira fundo se acalma saia reflita fala com o maridão e o que vcs deciderem sera uma boa pra ele afinal vcs são os pais e sabem o que sera melhor pra ele naõ é,
mas na minha opiniao meio turno é super tranquilo vc conhece a escolinha o que melhor ainda vc se sente mais vontade e se ele nao se adaptar espera ele completar 2 foi o que fizemos com meu sobrinho super tranquilo ele amouuuuuu...

beijusss.

Suzana Lira disse...

Acho que esse omento deve ser realmente duro néh

Não sou mãe, mais fico só ouvindo as amigas dizendo como é a primeira vez na escola para o bebê e para elas, e a maioria diz que para a mãe é bem mais doloroso.


bjo

Mamãe Nayara disse...

Oi Dina! Claro que vc não está fazendo tempestade em copo d'água.
Afinal de contas vc é mãe, se preocupa com seu filho.
Eu também já passei por essa dúvida, já senti todos os medos, receios e tudo mais.
Mas no final acabei optando em colocar a Luísa na escolinha com 1 ano e 4 meses.
Pelo menos no meu caso eu acho que foi uma sábia decisão.
Mas cada mãe é diferente, vc deve fazer o que achar melhor para o seu menino.
Mas com certeza vc saberá qual é a melhor decisão.
Fiquem com DEUS
Beijos

(Mamãe) ~Pinel disse...

Acho que o mais importante você já tem, que é uma escolinha de confiança!

Se você realmente pretende trabalhar só em 2012, porque não coloca o Fefe na escolinha no meio do ano que vem, pra ele se adaptar!
Aproveita que você pode, para ficar mais tempo com ele!

Beijo!

Marcinha disse...

Dina querida, não sei se ajuda, mas minha sobrinha (11 anos) sempre ficou em berçário, desde que acabou a licença maternidade da minha irmã. E posso lhe garantir que foi a melhor decisão que minha irmã tomou, mesmo porque a Lú amava os amiguinhos da época. Hoje em dia, vai na escola de manhã e a tarde fica na casa da minha mãe... Como dizem: filhos são criados para o mundo.
Ao passo que também entendo sua preocupação. Ser mãe é eterno, uma amor incondicional!!!!
Faça o que não irá despedaçar seu coração e do seu pequeno!!!
Bjos com carinho

Bia disse...

Dina, entendo 100% a sua preocupação. Você fica o seu tempo inteiro com o pequeno, só sai com ele, tudo é com ele. Na verdade, acho que você tá um pouco receosa com essa "separação", não é? Isso é normal...

Sobre a escolinha, também tenho dúvidas se coloco no primeiro ou no segundo semestre de 2011.
Porque é fato: eles precisam conviver com crianças da mesma idade. Por melhores pais que vocês sejam, por melhor que seja a convivência de vocês e o quanto vocês o estimulem, não adianta, eles precisam se relacionar numa escolinha.
É diferente. Lá eles não vão dar educação, essa função é de vocês.
Lá ele vai brincar. E é brincando que a criança se SOCIALIZA, e isso é M-U-I-T-O importante.

Ele vai dar um salto de desenvolvimento enooorme... E já é comprovado que depois de 1 ano e meio não prejudica em nada esse meio período fora de casa, brincando na escola.

Boa sorte na sua decisão... seja lá qual for, se vai ser 6 meses antes ou 6 meses depois, não importa: as duas serão ótimas escolhas!

um beijo!!

Cacau disse...

Não é fácil mais por exoerincia própria vejo que está sendo muito bom o Gui ficar no bercário, está mais esperto e sorridente...come bem e dorme bem também. A minha prima está na luta pois a Isadora de 2anos e meio não quer ir para a escolinha, nunca foi, briga, chora e diz que não vai, minha prima postergou para o Ano que vem mais deste não passa diz ela. De qq forma quem sabe o que melhor para o Felipe é vc m
mãe dele e se está sentindo que é melhor esperar 2 anos então espera!!! Bjs, Cacau